Como decorar quartinho para bebê menino passo-a-passo.



Parabéns, você vai ser mamãe de um menino! Com certeza foi uma das primeiras frases que você ouviu quando leu seu exame, se já é mamãe sabe quão maravilhoso pode ser, se ainda não é , logo logo vai descobrir. E no misto de novas emoções e sentimentos você já se vê montando o quartinho do bebê , mas calma, você tem um certo tempo e posso ajudá-la nesta empreitada.




Inicialmente devemos escolher o quarto do bebê, ou o cantinho dele, pois quem não tem um quarto exclusivo para ela pode montar um cantinho da bebê!

Você pode escolher uma parede dentro do seu quarto e montar ali um cantinho para o seu bebê, muitas vezes o espaço é limitado e temos que nos adaptar , mas com criatividade podemos fazer de uma parede tudo o que você vai precisar para receber seu filhote com a atenção e carinho que deseja!

Mas se tem opção de escolher um quarto, melhor ainda !

O lugar deve ser bem ventilado e possuir claridade natural, não precisa ser grande , mas se for melhor ainda .Escolhido o local devemos observar o estado geral do mesmo, como por exemplo, se as paredes estão emboloradas ou descascadas, em que estado esta o piso, e a iluminação, pois são indícios do lugar ser úmido ou possuir vazamentos neste caso é melhor arrumar antes de decorar !



Estando em perfeito estado podemos começar a pensar na distribuição do mobiliário, isto é onde será colocado o berço, a cômoda , o armário e a poltrona de amamentação. Em espaços maiores costuma-se colocar uma cama de apoio onde pode ficar , uma babá, ou avó nos primeiros dias do bebê no quarto. Mas como os espaços tem-se apresentado cada vez mais reduzidos, os principais moveis são o berço e cômoda, e conforme o espaço vem a cadeira e o armário.Quando da distribuição se possível manter o berço e a cômoda/trocador longe da janela , tanto pelo excesso de ventilação , iluminação e segurança !



Durante as décadas de noventa começou-se a utilizar um”tema” para o quarto, que nada mais era do que escolher o principal detalhe da decoração em que se basearão os demais acessórios. Como neste site vamos falar de quarto de meninos a tendência para estes próximos anos são quartos mais atemporais e com detalhes invocando a realeza, como coroas, cedros, cristais, e dourado. E tecidos nobre como seda, veludos e malhas. Os meninos de mamães mais praticas vem em quartos mais modernos e o azul marinho e o verde oliva estão muito em evidencia. Temas como florestas e animais ganham repaginada com jogos de polo, caçadores aventureiros e até com tons de camuflagem ! Para os menino os moveis em madeira são a grande sensação.

Para quartos mais modernos, temas como formula 1( dando enfase a equipe como Ferrari ) , Jeep para trilha, são mais sofisticados dos que o tema futebol, neste caso para dar classe ao tema futebol, usar a historia do futebol e levar o ambiente para os tons de sépia ( bege e marrom) são o grande segredo !



O mobiliário campeão na escolha da ultima década foram os móveis brancos, que continuam a ser muitíssimo bem vindos, principalmente para espaços pequenos. Neste momento o mobiliário na cor da madeira natural, ou brancos com detalhes em madeira natural, ou os de madeira com pintura em estilo provençal no branco ou dourado são as tendencias da vez.

Na outra ponta dos modismos para a próxima década tem um peso bem grande os mobiliário e quartos mais “secos”, dando enfase ao simples, o tão falado ” menos que é mais “.




Mas falando de mobiliário o item mais importante sem dúvida é a SEGURANÇA, verificar se o mobiliário tem o selo do INMETRO, tem garantia , mesmo que possua os selos necessários é sempre bom rever algumas normas técnicas de segurança.


Principais cuidados que os pais devem ter ao escolher um berço


– observar a presença do Selo de Identificação da Conformidade do Inmetro, que deve estar exposto no berço e na embalagem do produto após o prazo de adaptação às normas;

– verificar se as bordas e partes salientes são arredondadas ou chanfradas e isentas de quaisquer rebarbas e arestas;

– rótulos e decalques colados não podem ser utilizados nas superfícies internas das laterais e extremidades do berço;

– uma vez dentro do berço, a criança não pode conseguir levantar a base do colchão ou a base do berço;

– as laterais móveis devem ser equipadas com um sistema de travamento;

– as instruções de uso devem ser estar em língua portuguesa;

– todos os berços devem ser permanentemente marcados com informações sobre a razão social, nome ou marca comercial registrada do fabricante, distribuidor ou varejista, juntamente com meios adicionais de identificação do produto;

– caso o colchão não seja uma parte integrante do berço, deverá existir uma marcação, na base do berço, recomendando o uso de colchões com espessura máxima permitida de 120mm conforme a ABNT NBR 13579-1.


Tamanhos


Com relação ao trocador a orientação básica é NUNCA DEIXAR O BEBÊ SOZINHO no trocador, nos demais aspectos deve-se observar se o mesmo possuem o selo do INMETRO.

Sempre tive o cuidado de preferir dobradiças sem muita pressão nos armários e comoda infantis pois em caso de um dedinho ficar onde não deve o estrago não deve ser muito grande.Observadas as normas de segurança, vem o momento da decisão da aquisição, muitos fatores devem ser observados neste momento, desde a cultura familiar, desejos deter mais filhos, por quanto tempo pretende-se permanecer no local e muitos outros aspectos que influenciam na aquisição.




Os moveis de bebes são em geral padronizados: os berços de madeira ou MDF variam em dois tamanhos: o berço nacional leva o padrão de 1,30 m de comprimento por 60 cm de largura e o berço de padrão americano tem o tamanho de 1,40 m por 70 cm.


Algumas medidas, em qualquer um dos padrões de berço, são extremamente importantes. A grade lateral do berço, por exemplo, deve ter no máximo um espaço de 6,5 cm entre uma barra e outra para evitar que o bebê coloque a cabeça no vão. Segundo as regras do INMETRO, a distância entre o estrado e as laterais do berço não deve ultrapassar 2,5 cm, dessa forma não tem como a criança prender a mão ou o pezinho.


Circulação


E a circulação à volta do berço deve ser de ao menos 70 cm .

As cômodas devem ficar preferencialmente perto do berço e da poltrona de amamentação, para facilitar as trocas de fraldas e de roupas. O tamanho ideal das cômodas é que tenham 90 cm de altura, 55 cm de profundidade e em média 1 metro de largura.


O ideal é que tenham grandes gavetas com corrediças e locais para guardar o kit de higiene, fraldas e outros detalhes que se fazem necessários para as trocas dos bebês. As cômodas também devem ser pintadas com tinta atóxica, feitas de madeira resistente, que não possuam quinas vivas e que os puxadores sejam embutidos ou arredondados. Também não podem soltar farpas.Nunca devemos instalar as cômodas perto das janelas, evitando assim acidentes e também que o bebê possa sofre com as correntes de vento.


Cadeira


A cadeira de amamentação é um item muito discutido , algumas pessoas acham que não é necessário e outras que não gostam de amamentar se não for na cadeira de amamentação. Eu tive, e ainda tenho, e amo minha cadeira Bergere de balanço, foi para amamentar meu filhinho e depois a minha filha e agora é minha!




Piso


O piso mais indicado é o carpet de madeira em cores claras , de fácil manutenção, não é um piso frio . Outra opção é o linóleo , uma manta de um material parecido com borracha, muito utilizado em hospitais, tem de varias cores e pode-se fazer desenhos.

Existe a possibilidade de colocar EVA, mas a manutenção é um pouco mais difícil pois por causa da porosidade do material encarde com facilidade.



Iluminação


É primordial colocar um dimer ( um pequeno aparelho que se compra em lojas de materiais elétricos e que regula a intensidade da luz ) Se você só tem um ponto central coloque um lustre com acendimento com dimer, podemos trabalhar a iluminação com abatjour com lampadas fraquinhas ou painéis iluminados. Se tiver um ponto e o seu forro for de gesso pode puxar mais dois pontos para lampadas dicroicas e nestes pontos, acendendo separadamente colocar o dimer.


Num quarto de bebê a funcionalidade e a segurança são os itens mais importantes, não deixa nada que possa comprometer a circulação ou resultar em um acidente, como um dossel longo demais em que a mãe pode tropeçar, ou um pufe que fica entre o berço e a comoda atrapalhando a circulação. Existem acessórios de paredes com decoração infantil com iluminação, que são ótimas opções para luz noturna.

Acabamentos

São os acabamentos que definirão o estilo que deseja dar ao quarto de seu filhinho, então vamos a alguns estilos:

Provençal: independente da pintura dos moveis pode dar um tom romântico ou provençal com papel de parede, tecidos, modelo de cortina , enxoval de berço , tecido da poltrona e lustre. Neste estilo os tecido toule du jour são as estrelas, e podem e devem montar composições, de lisos com estampados e mesclar texturas diferentes. Neste estilo o dossel ( ou mosquiteiro ) é bastante importante porque cria um elemento visual de impacto provençal . Neste caso os tons pasteis são os mais indicados, tipo azul pálido, verde água, azul bebe, cinza de de azuis, branco e azul, bege e verde, branco e bege, branco puro. Os tons tipicamente bebes são os mais indicados, pois transmitem calma e tranquilidade para o bebê. Rendas de diferentes trabalhos, como renda portuguesa, rechilleu , guipir, rendas francesas e demais são extremamente bem vindas, assim como tecidos suaves para dossel como filo francês, organza, cambraia, e até mesmo o voil.

Lustres de cristal ou de ferro branco ou dourado com cúpulas forradas dão a sofisticação no detalhe do provençal. Assim como o modelo da cortina que deve sempre ir até ao piso e preferencialmente com sanefa ( forrada em tecido ) .Os babados não devem ser considerados, mas persianas com tecido nas laterais estão em alta. As cortinas devem ser mais simples , sem tanto volume, as romanas e as franzidas simples são ótimas opções. detalhes como cristais, bichinhos, e bordados vão dar o toque final na decoração.Na parede em geral colocam papel de parede em meia parede, do teto até uma prateleira , no meio da parede entre duas prateleiras.Eu tenho preferencia por colocar tecido, fica mais aconchegante e chique, do que o papel. Tanto o papel como o tecido deve ser colocado na parede que bate sol e não corra risco de umidade. Caso contrario o ideal é trabalhar com tinta pois não cria mofo com a mesma facilidade que o papel ou até mesmo o tecido. A pintura pode ser trabalhada com listras, ondas, quadrados de tonalidades diferentes, e ainda pode-se colocar adesivos ou detalhes em massa biscuit ou MDF colados na parede. Por uma questão de segurança, se sua parede não for 100% confiável, utilize a pintura e não o papel.E antes que eu me esqueça as faixas estão fora fora de questão !



Para um estilo mais moderno: neste caso podemos utilizar materiais mais modernos como espelhos , acrílico, e painéis . Para quartinhos assim, as cores são mais neutras com detalhes em cores mais intensas. O dossel neste tipo de decoração deve ser dispensado, e a cortina pode facilmente ser substituída por persianas.Os materiais de acabamentos e o tipo de mobiliário deve ter linhas mais retas, e pouco detalhes tipo captonado, palhinhas ou entalhes, e cores neutras no moveis, que podem ser todos pintados em tons de branco ( off White) ou pintados de bege, verde água ou fendi.Os enxovais terão menos detalhes, e as estampas devem ser mais geométricas como listras, xadrez, e pode-se trabalhar com sobretons . A poltrona de amamentação pode ser de um estilo mais reto e sem muitos detalhes.



Ou um estilo que possua um tema marcante como personagens ou animais:

Neste caso tema dominará completamente a escolha do acabamento do mobiliário ( normalmente pintado ou brancos ), a decoração vai apresentar o tema como estrela principal do quarto, por exemplo se forem ursos em um quarto de menino, teremos varias ursinhos em diferentes situações, como uma sanefa cheia de ursos com roupinhas em tons suaves ou xadrez . Berços de madeira com ursinhos pendurados , e comoda com tampo de madeira pintada de branco ou azul envelhecido e puxadores de ursinhos ou de potes de mel. O papel de parede poderá ser bem suave com desenhos sutis de ursinhos ou pintado de azul suave com uma prateleira branca ou de madeira circulando todo o quarto com ursinhos penduradas, sentadas, em pé , grandes, pequenos, médios e todos vestidos iguais , ou em diferentes profissões, aviador, mecânico, médico. Enfim tudo vai girar em torno do tema !

Abaixo por exemplo um quarto com o tema jogo de polo, foi dado enfase ao cavalinho !



Saindo do tema estilo vamos dar continuidade a outros aspectos do quartinho.


Hoje temos alternativas extremamente diferenciadas, e decorações como a aplicação de filosofias de educação nas decoração. Um ótimo exemplo são as decorações baseadas em Maria de Montessori, que foi a primeira médica mulher na Itália, ela fundou o sistema de educação Montessoriano.


Princípios do Sistema de Educação de Maria de Montessori:

  • respeitar e incentivar a criança

  • dar liberdade de movimento

  • incentivar a independência e a tomada de decisão

  • proporcionar oportunidades para aprendizado enfatizar atividades sensoriais, dentre outros.

Para iniciar a montagem de um quarto infantil utilizando a filosofia de Maria de Montessori o ponto de vista da criança deve ser totalmente levado em consideração. O espaço deve ser especialmente preparado para que a criança se movimente livremente e com segurança. É reconhecido que a criança se desenvolve mais completamente (mental, emocional e fisicamente) quando tem liberdade para mover-se e explorar o ambiente. Assim, este deve ser pensado para a criança e não apenas para facilitar as tarefas dos adultos.Tópicos a serem levados em consideração ao se montar um quarto montessoriano:


Berço

O berço é um limitador de movimento. Assim, o primeiro passo é abolir este item e utilizar o colchão ou um futon diretamente no chão ou em cima de um estrado baixinho ou um tatame de E.V.A.. Dessa forma, a criança pode descer da cama quando quiser, para explorar o seu quarto. Ao lado do colchão, pode-se colocar um tapete que além de amortecer uma possível queda, proporcionará estímulos sensoriais diferentes.


Segurança

Tomadas elétricas e objetos pontiagudos devem ficar fora do alcance das crianças. O ideal é que a mãe ou o pai se coloquem na posição da criança e avaliem os riscos do local.


Estímulos

Segundo Maria de Montessori, nos primeiros anos de vida, a criança elabora os próprios conceitos pela ação e pelo contato com o mundo em que vive. Ela atua pela ‘mente absorvente’ e os órgãos sensoriais são os captadores dessas informações.

Um espelho é um estímulo importante; o bebê gosta de ver rosto humano e assim, vê-lo a qualquer momento é sempre bom. Além disso, é importante o bebê reconhecer o próprio rosto e os movimentos do seu corpo; isso o ajuda a entender que é uma pessoa distinta da mãe. Por segurança, é importante que esse espelho seja de acrílico e fique bem fixado na parede.

Para o estímulo auditivo, músicas ou sons de violão ou flauta são uma boa pedida. Músicas de compositores clássicos em geral são adoradas pelos pequenos.

Os bebês novinhos adoram móbiles feitos com formas geométricas e cores fortes. Deve-se tomar cuidado para que o móbile não seja alcançado muito facilmente a ponto de a criança poder puxar o móbile para baixo, o que poderia machucá-la.

Livros e revistas também podem ser deixados ao alcance da criança, para que ela folheie, veja as figuras e mesmo rasgue as páginas.

Os brinquedos das crianças devem ficar ao alcance delas, organizados em prateleiras baixas. Evite acumular muitos brinquedos ou guardá-los em grandes caixas. O ideal é que os brinquedos sejam poucos e fiquem à vista da criança, para que ela sinta vontade de brincar e possa escolher com qual brincar. Os brinquedos podem ser trocados, deixando-se de três a seis opções de cada vez. Essa rotação é indicada para que a criança não enjoe dos objetos.Os enfeites do quarto devem ser colocados na altura da criança. Quadros, fotos da família, desenhos, adesivos de parede, devem ser instalados ao nível dos seus olhos.

Há muito mais para aprender sobre a filosofia de Maria de Montessori. Se desejarem aprender um pouco mais, indico acessarem estes sites:

http://larmontessori.blogspot.com.br

http://www.howwemontessori.com


Então agora vamos ao planejamento e dar uma cronologia a estas etapas.

Você pode iniciar a partir do 5° mês de gestação:


a partir do 5° mês

  • escolher o quarto

  • distribuir o mobiliário

  • escolher o estilo

  • chamar o eletricista se for modificar os pontos de luz,

  • adquirir o piso( prazo médio de entrega e colocação 15 dias )

  • adquirir os moveis ( prazo médio 30 dias )

  • adquirir o papel de parede, tecido, adesivo ou tinta e providenciar a colocação ou a pintura

6° mês

  • pintura das paredes

  • colocação do piso

  • colocação de molduras ( se houverem)

  • colocação de papel, adesivo ou tecido

  • aquisição de lustre ou luminária

  • adquirir o enxoval de cama, banho e roupinhas

7° mês

  • montagem dos moveis

  • colocação do lustre

  • colocação do dossel

  • Colocação de quadros

  • Kits de higiene

  • prateleiras

  • ganchos

8° mês

  • lavar as roupas de cama e colocá-las no armário, ou local adequado

  • colocar o enxoval de berço

  • tapete

  • lavar e colocar nos moveis as roupinhas e enxoval adquirido

  • fazer a mala e roteiro para a maternidade

9° mês

  • descansar

  • ouvir música clássica.

  • conversar com seu filhinho

  • esperar ele chegar !

Que seu filho resplandeça e traga paz aos corações dos que a amam !


#quartodemeninosquartodebebesmeninosquarti #decorandoquartosdebebes #pquartoparameninos #moveisdebebes #pisoparaquRTOSDEBEBES #ILUMINAÇÃOPARABEBES

Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque