Como decorar uma loja passo a passo


Olá estou no meio da montagem de uma loja de moveis para quartos de bebes, então pensei, vou postar o passo a passo para quem quer montar uma loja . Vamos lá ?



Inicialmente o proprietário do comercio terá que responder algumas perguntas, eu tenho um formulário, bem completo de onde posso tirar as primeiras duvidas para entender o que o cliente realmente quer, as perguntas mais importantes são :

1) qual atividade será desenvolvida ? Comercio, prestação de serviços , escritório ou clinica

2) se a resposta foi comercio qual será o produto a ser comercializado ( roupas, calçados, decoração, papelaria, moveis, etc )

3) qual o espaço disponível ? ( em metros quadrados , ter o projeto arquitetônico do local em mãos )

4) qual a marca e as cores da marca ?

5) qual o valor que disponibiliza para a decoração e montagem ?

Com estas informações podemos realizar algumas propostas por exemplo o numero de ambientes ( em uma loja de roupas podemos fazer uma ante sala de prova junto aos provadores, banheiros, copa para funcionários, estoque e sala de administração e fornecedores ), para uma loja de moveis podemos fazer tipo show room ( com vários ambientes montados ou por departamentos ) , para uma escritório precisamos de mais informações como quantas salas, qual o fluxo de pessoas, quantos são os funcionários, estudar cada função para adequar o mobiliário de forma ergonômica etc.

Enfim quanto mais informações, melhores serão as propostas .

Para a loja que estou montando , eu já conhecia um pouco do trabalho pois havia montado a primeira loja destes proprietários, mas mesmo assim recebi uma série de novas informações que foram vitais para chegarmos a melhor combinação entre vendas e decoração.

A proposta era a mesma da loja anterior : criar ambientes de quartos de bebes que repassem aos futuros clientes a sensação e imagem de estarem dentro do quartinho de seu bebê completamente pronto, isto é com o mobiliário, kit de berço, kit de higiene, dossel, papel de parede de demais acessórios decorativos. A nova loja possui uma estrutura perfeita para show room, longa e ampla, também ficou definido que teríamos vários estilos e da mesma forma vários preços, buscando atender a todos os gostos e bolsos.

Então vamos juntos neste empreitada ?

Passo 01


Iluminação : o que temos , o que podemos aproveitar e como adequar. Em uma loja que possui produtos é importante dar destaque ao produto que se quer vender, para isto utilizamos lampadas focadas de cor amarela para dar destaque ao produto e sombrear o restante. Para trabalho o ideal é mesclar lampadas brancas e fortes com lampadas amareladas mais suaves , acendendo separadamente, pois durante o período de trabalho intenso manter a iluminação branca e para momentos mais relaxantes iluminação amarela, por exemplo recepção sempre com lampadas relaxantes ( amareladas e focadas ) para uma cozinha lampadas fluorescentes brancas.


Vou exemplificar com loja de bebê: possuíamos luminárias brancas tipo industrial de pendentes, tiveram que ser substituídas por lampadas focadas para dar enfase aos moveis e sombrando os espaços de transição. Sobre o caixa as lampadas são focadas , assim como nas mesas de atendimento. Como o pé direito é alto tivemos que trabalhar lampadas de longo alcance com foco dirigido e amarelado. O ideal é buscar uma consultoria pois pode fazer uma grande diferença no negocio. Eu mesmo já fiz várias via internet .


Outro detalhe importante é se o teto é de laje ou de gesso, se for laje , se o proprietário tem interesse em colocar o gesso ( ideal ) senão a iluminação deverá ser trabalhada com luminárias de sobrepor e trilhos.

lampadas focadas


Passo 2 :


Piso: Em geral fica complicado alterar quando o piso do local não está somente no contrapiso, hoje utilizamos para região de bastante trafego o porcelanato ou cerâmica, especifica para alto trafego. Caso o local possua um piso que não seja adequado o mais indicado é estudar o trafego e colocar um piso indicado, muitas vezes o mais fácil é o carpete de madeira alto trafego que pode ser aplicado acima do piso existente. Mas também deve ser considerada uma consultoria principalmente em se tratando de clinicas, consultoria, academias de ginástica, escola infantil e modalidade que possam apresentar algum risco .

No caso da loja o espaço possui um porcelanato claro, de cor neutra com excelente dimensão ( 80 X 80 cm) e sendo assim não foi preciso alterar.


Passo 3 :


Divisórias


É um dos itens mais difíceis, pois o cliente deve saber exatamente suas necessidades , por exemplo, um consultório odontológico com duas salas de atendimento precisa uma recepção para quantas pessoas ? Quem tem que repassar estas informações são o profissional que usufruirá do espaço. Neste caso em específico de 6 a 8 lugares são suficientes. E deve estar distribuído de forma funcional.

As divisórias podem ter a função de dar privacidade ou somente dividir a ambientação, estes casos também devem ser detalhados pelo profissional.

No caso da loja as divisórias tem função de ambientação, já que a intenção das proprietárias é oferecer um quarto pronto para quer adquirir o mobiliário, poder ter a visão de como ficará o ambiente, e também porque as mesmas possuem todo o material necessário para a ambientação, sendo assim a loja tomou "ares" de show room com 13 espaços e 18 ambientações , sem computar a parte de atendimento, cozinha e banheiros. As divisórias podem ter diferentes materiais e propostas , por exemplo : podem ser divisórias vazadas , de madeira ou divisórias de dry wall ( gesso acartonado ) com nichos, vazados, portas, fechadas, enfim uma enormidade de modelos, podem ser ferro, com grades , enfim o que a proposta determinar. Os principais cuidados são, um bom acabamento e uma harmonia no todo.



Passo 4


Pintura e ou revestimentos para paredes


Quando temos divisórias temos oportunidade de utilizar as paredes como decoração, e hoje temos uma enorme gama de revestimento, podemos pintar tudo de uma unica cor, com teto branco neve ( em geral) , as paredes podem ser pintadas de cores diferentes, podem receber papel de parede, tecidos colados, espelhos, painéis de madeira , porcelanatos, pedras, enfim um mar de opções que também deverão compor com a proposta do espaço. Exemplo uma esmalteria pode ter uma parede com tijolos de demolição, outra pintada de preto, outra de cimento queimado outra com uma cor mais forte , enfim depende do estilo que se irá adotar.


Novamente utilizando a loja de bebes, o revestimentos não poderiam ser muitos pesados ou rústicos demais, pois não agradam a maioria das pessoas que querem comprar um quarto de bebê, então para aproveitar a tendencia utilizamos alguns painéis rústicos para a área de atendimento em cores claras, utilizamos papel de parede, tintas de cores diferentes, molduras e tecidos todos em composição suave remetendo o cliente a ambientes sutis e suaves.



Passo 5


Mobiliário


Este é o item mais especifico de todos os passos, pois quanto mais conhecimento o profissional tiver da atividade a ser desenvolvida melhor será o mobiliário a ser oferecido. Por exemplo em um escritório de advocacia é importante uma mesa de trabalho ampla com espaços generosos para a colocação dos processos, um arquivo bem dimensionado, poltronas de trabalho ergonômicas e de clientes confortáveis. Um salão de cabeleireiros deve ter poltronas confortáveis e reguláveis, e a bancada deve ter bastante tomadas, e o carrinho de apoio pequeno e ágil, além de funcional.


Para a loja de móveis de bebês o mobiliário funcional é pequeno, um caixa, uma mesa de embalagens, um local para catálogos e um aparador para café e água, e a mesa de atendimento, que neste caso são duas , com cadeiras leves e confortáveis. Os demais móveis são produtos de venda e portanto ecléticos e diferentes .


O mobiliário deve ter um estilo definido e fazer uma mistura, por exemplo entre rustico e clássico tem que ter equilíbrio para não ficar com cara de moveis aproveitados de outros locais.

O projeto do mobiliário quando o mesmo for planejado deve observar algumas regras ( dê uma olha no post moveis planejados ) . Vou relembrar algumas, na duvida em locais pequenos , trabalhar cores claras, não colocar texturas e cores diferentes ( móvel amadeirado e gavetas brancas , por exemplo) , não dispensar acabamentos, obedecer uma linha ou horizontal ou vertical, puxadores e demais ferragens deve ser de qualidade. Na escolha dos acabamentos deve-se observar o todo como piso , cores de parede , iluminação , persianas ou cortinas pois a decoração se faz com a harmonia e equilíbrio entre os inúmeros itens que compõe a decoração.




Passo 6


Persianas ou cortinas . O padrão comercial na sua maioria pede persianas, mas cortinas sempre trazem aconchego e requinte ao local, por exemplo, uma clinica ou consultório odontológico a cortina não é indicada, face a dificuldade de higiene, da mesma forma para academias de fitness ou cabeleireiros . Já para um consultório de terapias ou psicoterapias a cortina cai super bem. Da mesma forma a mistura de persiana e cortinas é ideal para escritórios de advocacia lojas de roupas. Enfim o estilo vai determinar se a opção será cortina ou persiana , assim como os acessórios para estes ambientes


A loja de bebes optou pelo estilo show room, desta forma teremos cortinas para decorar e completar a decoração dos ambientes dando a sensação de um verdadeiro quarto de bebê. Em geral as cortinas dão aconchego ao ambiente e requinte conforme o tecido, utilizamos cortinas em linho e em musselina para os quartinhos sempre com leveza.





Passo 7


Acessórios , quadros e tapetes: este item é de muita importância pois farão enorme diferença no todo. Por exemplo : um quadro grande e moderno, com cores fortes e logo abaixo um baú em espelho com um tapete oriental à frente criam uma ambientação harmoniosa e sofisticada para um hall de entrada de clinicas , escritórios em geral, mas ficam completamente sem contexto em uma academia de ginástica ou lojas de equipamentos eletrônicos. Os objetos devem ser bem dosados dependendo do local a ser colocado, por exemplo se o pé direito é alto pedem-se peças grandes, dependem também da atividade desenvolvida no local. Um ambiente sem acessórios , quadros ( ou peças de parede ) e tapetes ficam frios e sem decoração , estão simplesmente mobiliados. Observe os acessórios que te agradam em ambientes comerciais similares ao seu, uma loja de roupas femininas com flores naturais é sempre muito chic, uma produtora com um painel criativo na parede fazem enorme diferença, assim como cantos de leitura com luminárias e mesa de apoio numa livraria faz toda a diferença. Uma loja de roupas com muito espelho também ajudam na venda, alem de darem amplitude.


Na loja de bebes os acessórios acompanham os estilos, na vitrine temos um quarto que nos remete ao oriente, com tendas douradas, espelhos com molduras esculpidas e douradas, muito brilho , almofadas e tapete oriental com berço e demais moveis em madeira na cor mel, tudo com muita opulência e sofisticação. No interior da loja temos quartos com papel de parede em azul suave com mobiliário branco acessórios em branco com azul , outro quartinho possui dossel de flores, berços em azul bem suave, cortinas com amarradores em flores e abatjour em cristal. Cada quartinho possui um estilo diferente com tendencia ao masculino ou feminino com estilos clássicos, modernos, românticos, provençal, temáticos e etc, mas cada qual possui seu tapete e objetos diferenciados.









Na parte do atendimento trabalhamos moveis mais rústicos com cores lavadas, lembrando um country americano, que foi quebrado com cadeiras de atendimento em branco com cromado e lustre em cristal com cromado, as flores deram os toques necessários assim como os espelhos em molduras de janelas quadriculas em estilo rustico, com um equilíbrio bem dosado.




Enfim a loja abre na segunda feira , fica na avenida Jk 1180 , em Maringá, chama-se ANGEL DECOR BABY e vale a pena conhecer.







#decoração #quartosdebebe #mobiliarioparabebe #lojasdebebe #comomontarumaloja #passoapassoparamontarumaloja

Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque