Sensação térmica e psicologia das cores


Quem já não ouviu falar de sensação térmica ? A real temperatura nem sempre é a que sentimos pois dependem de fatores externos como umidade e vento. Mas existe uma corrente que coloca que as cores influenciam nesta sensação,e, é essa ideia que inúmeros estudos defendem: que as cores dos ambientes podem causar efeitos psicológicos, podendo despertar diferentes sensações de acordo com a coloração de uma parede. Em geral as pessoas sentem um grande prazer com a cor, já que os olhos necessitam dela tanto quanto da luz. Um exemplo disso é a satisfação que sentimos quando, num dia nublado, vemos o sol iluminando uma parte isolada da paisagem, tornando as cores visíveis.


Sendo assim, a cor tem o poder de estimular, animar, irritar ou até mesmo deprimir.


Cores quentes x cores frias


As cores são divididas entre quentes e frias quando o assunto é a temperatura. Desse modo, os vermelhos, laranjas e amarelos possuem todas as qualidades de calor, pertencendo ao grupo das cores quentes. Já os tons azulados e acinzentados possuem todas as qualidades de frieza, causando a sensação de refrescância e encaixando-se nas cores frias


Sendo assim, é possível considerar as cores um dos fatores que influem sobre a climatização, causando impressões sobre a temperatura e até mesmo de fato podendo alterar o ambiente termicamente dependo das condições de absorção do calor.



Refração e absorção


Além das cores quentes e frias influenciarem na sensação da temperatura, podemos considerar outros fenômenos característicos das cores: a refração e absorção de luz e de calor.Quanto mais clara, maior a refração; e quanto mais escura, mais absorção.


O caso do preto, é um exemplo disso, pois absorve calor e deixa o ambiente mais quente. Desse modo, um quarto com paredes escuras ao “puxar” mais calor torna-se mais aquecido.

Já um com paredes claras reflete o calor, amenizando a sensação de aquecimento e ficando mais fresco.



Cores e sensações


Reunimos abaixo diferentes colorações em uma escala e as correspondentes sensações relativas à temperatura que podem ser provocadas por elas de acordo com o ambiente:

– Amarelo

É a mais clara das cores e a que mais se aproxima do branco. O amarelo traz a sensação de calor, estimulando o ânimo e a vivacidade.



– Laranja

Traz as mesmas propriedades do amarelo, porém em um grau mais elevado. Sendo assim, essa cor representa energia, calor, fogo.


– Vermelho

Cor do fogo e do sangue, o vermelho é considerado a cor mais quente em temperatura, sendo a que passa maior sensação de calor.

– Azul


Provoca sensação de frio e repouso, podendo dar impressão de ser refrescante se utilizada em lugares quentes. Em lugares frios, deve ser evitada pois aumenta essa sensação.



– Verde

É a cor que está no ponto de equilíbrio entre claro e escuro, e portanto entre calor e frio. Desse modo, é muito utilizado nos ambientes pois tem uma grande variedade de tons com sensações agradáveis e confortáveis, além de aceitar facilmente composições com outras cores.

– Preto

Na verdade o preto não é uma cor, mas sim ausência de luz. Por possuir a propriedade física de absorver quase todos os raios luminosos que incidem sobre ele, pode realmente causar elevação da temperatura, ou seja, mais calor para quem utiliza.


Um pouco mais de psicologia das Cores


A psicologia das cores é o estudo que mostra a forma como nosso cérebro identifica e transforma as cores em sensações. A influencia das cores pode ser observada na publicidade, na decoração de casas e escritórios, na moda, na maneira como gostaríamos de ser vistos, entre outros.

Aos olhos do design as cores são fundamentais para a composição de um layout e, se bem aplicadas, tornam-se um atrativo e proporcionam maior eficácia ao material. É importante ressaltar que os estímulos proporcionados sofrem alteração de acordo com sua aplicação e combinação.


VERMELHO: Esta é a cor própria dos anúncios publicitários, transmite energia e vigor; também é a cor de todas as paixões, do amor ao ódio; é a cor dos reis e do socialismo, da alegria e do perigo; era usado pelos imperadores romanos e pode evocar a guerra e o mau. Assim, simboliza sensualidade, calor, agressividade, sangue, fogo, revolução, ação, paixão, força, desconfiança, destruição, crueldade e raiva. Aumenta a atenção, é estimulante, motivador. Indicado para uso em ambientes transitários, como restaurantes por kilo, ou ambientes de inverno como sala de lareira que indicam calor e energia, ideal para ambientes frios.



LARANJA: Indicado para as mesmas aplicações do vermelho, com resultados um pouco mais moderados. Atua como estimulante dos tímidos e tristes. Utiliza-se para simbolizar entusiasmo, exaltação, alarme, força ativa, energética, radiante e expressiva. É de caráter estimulante e se relaciona com produtos comestíveis. Ambientes comerciais que devem aparecer, como departamento de marketing.




AMARELO: É a cor mais intelectual, para muitas culturas representa calor, já que se associa com o sol ou com o poder, pois se assemelha ao ouro. No entanto, é a cor mais contraditória, podendo simbolizar, segundo sua tonalidade, inteligência, comunicação, força, alegria, vontade, ou inveja, ira, covardia, traição e arrogância. Chama atenção e causa um forte impacto no público, pelo que é geralmente usado nos sinais de trânsito, pois se diz que é a primeira cor que o olho humano distingue. Pode usar-se em locais para pessoas que procuram o triunfo, é muito comum encontrá-lo em vasilhames de bronzeadores. Quando se usa o amarelo ouro, este simboliza valor, os sentimentos mais elevados, bem como qualidades inclusive sagradas. Em tons mais acinzentados são bem vindos para ambientes suntuosos.


VERDE: Estimulante, indica versatilidade, simpatia e renovação. É considerada uma cor de equilíbrio, reduz a tensão associa-se com pessoas inteligentes e sociáveis que lhes agrada a vaidade e detestam a solidão. Mas comercialmente, tem pouca força sugestiva, pois oferece uma sensação de repouso. Indicado para locais onde destaca-se a esperança, realidade, natureza, vegetação, saúde, razão, lógica, umidade, frescura, crescimento e juventude e também locais aparentemente ecológicos, remete a sensação de frescor .



AZUL: Possui grande poder de atração; é neutralizante nas inquietações do ser humano; acalma o indivíduo e seu sistema circulatório. Indicado em anúncios que caracterizem o frio. É também a mais fria das cores, porém, a mais atraente. É a cor do infinito, dos sonhos, dos introvertidos e remete também à inteligência, emoções profundas e eternas. Simboliza a beleza, grandiosidade, sabedoria, amizade, fidelidade, serenidade, ordem, solidão, tristeza, tranqüilidade, verdade, dignidade e constância. Não cansa a vista se pintam grandes extensões de azul, ademais dá sensação de frescor e amplitude. Pelo que representa, o azul é cor mais utilizada pelas empresas de tecnologia, também usado para embalar alimentos congelados, pois dá a impressão de que estão frios. Locais como casa de praia, quartos e ambientes onde a incidência do sol é alta a cor azul nos remete a sensação de frescor.




ROSA: É a cor da mulher, reflete ingenuidade, bondade, ternura, bons sentimentos, amor, afeto, nobreza e ausência de tudo mau. Está relacionado com produtos femininos, de maternidade, bem como para os dirigidos ao segmento infantil e pré-adolescente.Quartos infantis com tons de rosa suave ou de adolescentes com pink são bem utilizados.



ROXO: É a cor da prudência, remete a sabedoria, filosofia, sofisticação e contemplação. Tem a ver com o emocional, o espiritual e transmite profundidade e experiência. É utilizado para comunicar melancolia, realeza, dor, sentimentos intensos, religiosidade, magia, sofisticação e suntuosidade. Na decoraçãoe, é utilizado em locais mais voltados à seriedade e concentração.


CAFÉ: É uma cor masculina, severa e confortável que dá a impressão de gravidade e equilíbrio. Igualmente se associa com a terra, bosques, pradarias e o outono, e pode ser inserido num lugar acolhedor, como os construídos com madeira. No comércio, é muito utilizado em locais como chocolaterias, panificadoras, mas com portas e rodapés brancos dão suntuosidade ao local !


VIOLETA: Transmite calma, dignidade, estima, valor, afetividade, calma, poder sonífero.É muito difícil de usar na decoração, se gostar muito desta cor é melhor pedir a opinião de um profissional para coloca-la com elegância.


CINZA: Encontra-se na transição entre o alvo e o negro. Simboliza neutralidade, discrição, indecisão, ausência de energia; também pode comunicar sentimentos de tristeza, dúvida e melancolia, ainda que transmite igualmente quietude. Esta é uma cor que se adapta a tudo. Quando se usa uma cinza prateado, pode ter-se a sensação de brilhantismo, luxo, elegância e velocidade. Para atitudes neutras e diplomáticas é muito utilizado em detalhes.



PRETO: Transmite refinamento, elegância e sofisticação, ainda que também representa o mau, a morte, a escuridão, mistério, bem como poder e elegância. Esta cor são para pessoas exclusivas e extravagantes. Emprega-se para estimular a compra de produtos custosos e de luxo. Deve ser evitado o excesso, pois tende a gerar frustração, apesar de ser expressivo é angustiante ao mesmo tempo. Deve ser colocado com cores neutras afim de retirar esta sensação de peso.


BRANCO: Pureza e sinceridade. É utilizada para obtermos paz de espírito, harmonia e equilíbrio. É a cor que maior sensibilidade possui frente à luz, é a soma de todas as cores e se utiliza para simbolizar inocência, paz, pureza, virgindade, limpeza e luminosidade. Está presente nos ambientes onde a higiene impera como cozinha, área de serviços, laboratórios, clinicas médicas e outros.





CORES NEUTRAS: São as cores que possuem bastante cinza em sua combinação, diminuindo o contrastes com outras cores, as mais utilizadas são, bege acinzentados, verdes concreto, cinza e ocre.





Como utilizar as cores na decoração


Quando vamos pintar o interior inicialmente devemos escolher uma cor base - é a cor que vai estar em todas as paredes e integrar a residencia ou ambiente comercial como um todo. Em locais mais quentes como o nordeste do Brasil, ou melhor para cima do Rio de Janeiro , o uso de cor é mais ousado do que para o sul, sudeste e centro oeste, e conseguimos ver residencias ou espaços comerciais com uma cor base mais forte , dentro dos tons chamados médio, no entanto minha indicação para a cor base é : cores suaves e neutras , como os off whites da cartela de cores de qualquer marca de tinta , sugiro tons de bege, e tons de cinza .





A cor base vai estar em toda o interior as cores entram como destaque para algumas paredes , mas qual ? Depende da geometria do local, por exemplo uma sala retangular a cor a ser colocada devera estar na parede maior que tiver menos recortes ( portas e janelas ), quanto mais lisa a parede for melhor. Se a sala for quadrada a escolha será pela parede que houver o menor numero de recortes.




Os tetos em geral são pintados de branco neve diferenciando da cor das paredes, portas e janelas devem ser na cor branco neve ou no padrão da madeira , se for em alumínio, prefere-se a cor branco ou preto dependendo da cor a ser trabalhada no interior , o destaque é maior com branco.


Quando trabalharmos uma parede com cor tudo o que for colocado nela realçará, e devemos observar uma regrinha simples, uma cor como terracota ( cerâmica ) com um off white tipo creme de leite como base, naturalmente levara a decoração para tons mais quentes, como marrom, laranja , vermelho, salmão e bege ( UM DOS TONS ) combinado com a cor neutra no caso creme de leite ou cru .



Quando for escolher as cores , observe, se você for uma pessoa ativa, dinâmica e que tem dificuldade em relaxar, deve optar por tons relaxantes como cinzas, azuis, verdes e beges. Principalmente no local onde costuma relaxar.


As pessoas comumente me perguntam se podem pintar um quarto de vermelho, claro que podem, mas deve ser muito bem dosado com o mobiliário, luz natural, cor de piso e esquadrias, é difícil esta combinação, então neste caso vale a pena a opinião de um profissional ( um decorador ou arquiteto).


As cores da moda podem ser usadas na decoração com parcimonia, por exemplo uma parede verde tiffany pode ficar linda mas deverá ser pequena preferencialmente no hall ou escritório com uma obra de arte que seja valorizada pela cor, ou com um espelho grande para que a parede não chame mais atenção do que o restante, deve haver harmonia.


Trabalhar cores não é fácil, mas para quem assinar meu site poderá receber uma planilha de cores que facilitará este uso.






Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque