Volta às aulas

A volta às aulas determina a volta a rotina, isto é fazer habitualmente e mecanicamente. Para o melhor rendimento, quando há planejamento podemos ter uma volta as aulas ou à rotina mais tranquila e produtiva, para isso requer organização. E , para se organizar devemos ter lugar para as coisas ou para as atividades que realizamos cotidianamente.

No inicio do ano é o período ideal para que possamos nos organizar afim de facilitar a rotina e melhorar a produtividade.

Vamos começar com os menores: o lugar para colocar a mochila e um quadro de rotinas ajuda demais na organização domestica, e mesmo quando surgem imprevistos, uma planilha de horários dos pequenos é essencial , assim como a rotina de atividades, horários determinados para fazer as lições, a horários de folga.

Então vamos as idéias :

Esta sem duvida é a mais bonita, no entanto não a mais completa. A parede esquerda pintada de preto para anotações a giz é muito interessante, mas a manutenção diária é mais complicado, pois depende de giz e aspirador, se tiver um ergo rápido ( aspirador sem fio tipo vassoura ) é uma linda e ótima opção.


No caso acima o local das mochilas está definido, mas o quadro de rotinas provavelmente ficará em outro espaço, mas é uma graça !

Nesta opção temos o quadro de rotina colocado de forma muito funcional, uma pasta com planejamento mensal, e um quadro de avisos, bem interessante, rápido de fazer e eficiente, mas tem que manter a caneta à disposição.

Este como quadro de rotinas é fantástico, tem as inspirações ( quadros com frases motivacionais), calendário de dois meses, super bem pensado pois à partir do 20 normalmente os compromissos são marcados envolvendo o próximo mês e assim facilita, planejamento do papai e da mamãe, porta trecos papeis ou contas, e a atividade das crianças, enfim tudo que a família precisa para manter seus planejamentos.


Este é muito legal porque tem o lugar da mochila junto com o quadro de rotinas, ou atividades, ou com lembretes, enfim juntou o útil ao agradável. É simples e prático.



Este é bem completo e uniu o útil ao agradável , as rotinas, calendário e local para colocar as mochilas e alguns detalhes a mais.

Organizada a rotina, e colocando-a a vista é mais fácil da família e principalmente as crianças a se organizarem mentalmente, pode ter certeza que será muito bom para o futuro delas !


A próxima etapa é onde estudar, existem algumas regrinhas que todo mundo conhece, mas que são difíceis de colocar em prática, quando não se tem tudo organizado. E as coisas acabam acontecendo fora da rotina e criando alguns desconfortos. Então vamos relembrar:


O local de estudo deve ser ergonomicamente adequado , isto é da altura ideal para as crianças e adolescentes, visando uma postura adequada para um bom rendimento. A animação abaixo é perfeita para todos.


Creio que o ideal enquanto as crianças estão no fundamental e normalmente necessitam de ajuda é que o local de estudo seja adequado em iluminação, silencio, altura e que haja lugar para a pessoa que for auxiliá-la esteja sentada ao lado e atendendo de forma correta as necessidades da criança. Sugiro sempre um local onde possam estar duas pessoas.

Na realidade o que acho mais adequado é a família possuir um home office onde possam estar juntos , crianças e adultos para que possam dar a devida atenção ao que a criança está fazendo, se a TV esta desligada, o que ela esta assistindo no computador ou no tablet, ou se realmente está fazendo a lição de casa. Estudar no quarto é para fase quando eles estão maiores onde a supervisão não precisa ser tão constante. uma situação como o home abaixo acho bastante interessante.



Existe uma filosofia de organização que diz que aquilo que não utilizou nos últimos três meses é descartável , não precisamos levar os três meses ao" pé da letra" , mas com certeza o que não utilizou no ultimo ano é descartável , e existem instituições que fazem muito uso destes descartes, não fica entulhando e ainda ajuda quem precisa.

Um mito que precisamos quebrar, não há diferença qualitativa (para a leitura) entre as lâmpadas fluorescentes (brancas) e as incandescentes (amarelas). Ambas podem ser adequadas, se devidamente reguladas em relação à sua capacidade de iluminação.

O ideal é que a iluminação artificial simule a luz natural do dia, por dois motivos: ela não atinge os extremos (muito clara ou escura) e não gera muitas sombras quando estamos lendo, fator que proporciona “fadiga visual”. De dia, aproveitar as luzes da janela é uma ótima dica.

À noite, ou em ambientes fechados, procure o meio-termo e perceba o conforto sentido pelas suas vistas durante a leitura. Além disso, evite se posicionar de modo que seu campo de visão esteja alcançando a lâmpada, gerando ofuscamento.


Adoro luminárias. Elas dão um estilo bem arrojado a qualquer escritório e são uma das mais valiosas ferramentas de um estudante ou profissional. Mas é preciso saber usar!

As luminárias têm a grande qualidade de deixar o foco da sua leitura adequadamente iluminado (o livro, apostila, caderno etc), mas é preciso ter cuidado para não exagerar e clarear muito o objeto de estudo. O ideal é que sua luminária esteja posicionada lateralmente e um pouco atrás de você (evitando o ofuscamento).


Num lugar adequado, com a iluminação correta, ergonomicamente adaptado, organizado e silencioso , certamente será produtivo . Espero que este post ajude seu retorno à rotina !




Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque