Fotografias e Porta retratos

Será que tem gente que não gosta de fotografia ? Eu amo, ainda mais depois do photoshop, todo mundo fica lindo ! Mas muito mais do que isso eu acho que fotografia é uma emoção congelada , um momento único e parado no tempo. Amo ver meus filhos pequeninos, e eu na minha formatura em Curitiba com um topete curitibano , de matar de rir . Fotos mexem com o coração da gente, com nossas emoções, e por isso digo que as fotos dão alma e vida a ambiente, e transformam espaços em lar . Por isso sou super a favor de colocar fotos pelas residencias , e até mesmo em escritórios comerciais. Um hall de entrada com uma mesa ou aparador repleto de fotos dão a sensação que todos das fotos estão nos recebendo ! É claro que não deve haver exageros , mas comedidamente é um grande passatempo para quem nos visita, e uma forma de contarmos nossa história.






Os porta retratos são bem vindos, no hall de entrada, na mesa lateral do living, mas mesas de apoio ou estante da sala intima ou sala de TV. No corredor em molduras pregados ou colocados em estantes próprias para quadros. Nos quartos nas mesas laterais ou de apoio.


Os estilos são os mais diversos, podem ser clássicos com molduras rebuscadas em dourado ou prata, mais modernos em espelhos, divertidos com mensagens , com brilho, sou simples branco ou preto, enfim de todos os tipos, mas devemos ter o cuidado de colocar os mais clássicos e modernos no living e os mais divertidos na parte intima da casa.



Hoje as molduras podem ser misturadas, ou todas iguais, em tamanhos similares ou diferentes, mas sempre dentro do estilo determinado harmonizando com os demais itens.


Com as impressões em grande formatos podemos ter fotos maravilhosas tomando toda a parede, eternizando um momento, ou um lugar que nos falam a alma.





Quando eu tinha 15 anos meu pai me deu uma folhinha com fotos da suíça, eram fotos maravilhosas e as tenho até hoje em minha memoria, com o carinho da lembrança de meu pai.

Falando em fotos tenho um quadro lindo numa técnica de foto pintada a óleo retratando meu pai, falecido desde 1989. E na mesma parede coloquei uma foto minha e de meus irmãos à luz de vela em preto e branco , que ganhou um concurso de fotografia ( meu pai também amava fotos ) quando tínhamos 5, 3 e 1 ano. Nossa faz tempo! mas ainda me lembro quando meu pai tirou a foto.