Continuando com dicas sobre vidros

Este é um universo delicioso porque o vidro dá proteção e transparência , com ele nos sentimos integrado no espaço em que estamos e ao mesmo tempo protegidos das intempéries do clima . Mas cuidado, o vidro tem uma baixa conductividade térmica , o aquecimento ou o arrefecimento parcial de um vidro origina tensões no seu interior que podem provocar rotura (neste caso, designada como "rotura térmica"). Para que isso não aconteça devem ser tomados cuidados com a forma de colocação e fazer um tratamento complementar ( têmpera ) que permite ao vidro temperado suportar diferenças de temperatura de 150 a 200°C.Além disso a baixa condutividade térmica do vidro cria um efeito de estufa. Por isso ambientes com muito vidro tem que se estudar muito bem o tipo de telhado e incidência de sol e provavelmente vai requerer um ar condicionado para se conseguir uma temperatura constante, embora seja possível um projeto arquitetônico bem elaborado dar o máximo de conforto térmico ao ambiente , mas o cliente teria que sujeitar-se aos recursos arquitetônicos disponíveis com pé direito alto, locação e disposição dos ambientes e outros.





Além do problema de condutividade térmica, outra questão que se apresenta continuamente é o pé direito alto com vidro do piso ao teto, se a largura do vidro for menos da metade da altura consequentemente terá dificuldade na decoração porque internamente teremos um faixa longa e alta de cortina ou persiana formando uma "tripa " dentro do ambiente, outra grande dificuldade será manter o vidro limpo. Embora seja comum quando os vidros são grandes não colocar cortina ou persiana principalmente para fazer a integração do espaço externo com o interno só vai funcionar se o seu ambiente der para um terreno privado e não para a rua , ainda que dentro de condomínios pois ficará com o ambiente completamente exposto.






Aqui no condomínio onde eu moro, deparo-me constantemente com esta e outras situações, por exemplo o vidro colocado à volta de uma parede formando um "U" de ponta cabeça, me conta como se colocar um persiana ou cortina nestes casos ????? A alternativa é não colocar e expor a residência !


Na foto acima pode verificar que existe uma cortina acima da porta, o reflexo do espelho mostra bem, isso não deve ser feito, fica muito esquisito e é errado.


Parece simples mas não é, vidros são caros e não se deve economizar na segurança dos mesmos, outra questão bastante controversa são as cores dos vidros, incolor, transparente, fumê ? Eu sempre sugiro o incolor pois se adapta a qualquer estilo e cor , e hoje temos o recurso das películas que podemos deixa-lo com a cor que desejarmos. Mas vou fazer um post exclusivamente sobre películas porque este item também tem muitos segredinhos .




Outra questão do vidro é como colocar em vitrines, a grande maioria , senão quase todos colocam o vidro em ângulo reto ( noventa graus) com o o piso ou teto, com isso a incidência da luminosidade cria um reflexo no vidro que impede de ver a vitrine e enxerga-se somente o reflexo da própria pessoa, para que isso não aconteça deve dar uma leve inclinada no vidro poucos graus fazem uma grande diferença e sua vitrine poderá ficar muito mais à mostra !


Se tiver dúvidas me pergunte !








Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque