3 tendências da decoração comercial ou corporativa

Pretendo lançar um curso de decoração comercial logo logo, por isso estou dando ênfase a este tipo de decoração. Se este não é bem o seu foco, não deixe de aproveitar as orientações para um home office ou até mesmo para outros ambientes da residência, afinal, dicas são sempre válidas!



1. Estilo Industrial


Este chegou para ficar, pois consegue uma mistura de sofisticação com despojamento, combinação ideal para o comércio, pois dá credibilidade ao produto ao mesmo tempo em que atinge todos os públicos.

A decoração industrial deve ser composta por cores como cinza, preto e branco, e é muito importante dar a sensação de que era a única cor disponível, pintando teto, portas e janelas na mesma cor - com isso o estilo fica mais característico, a cor de destaque fica sempre por conta do preto ou do grafite.

O revestimento de tijolinho, madeira de demolição ou bloco de cimentos também é um grande aliado deste estilo. Pode ser o material propriamente dito ou adesivos que os imitem. O piso geralmente é de cimento queimado (ou piso pintado na cor concreto), mas para ambientes mais requintados o piso de madeira (ou laminado de madeira ) fica melhor.

A iluminação é trabalhada com as calhas suspensas para passar a fiação e spots na cor da calha, preferencialmente preta ou metálica na cor original. Iluminação sempre focada para decoração e descanso, acendendo separadamente da iluminação de trabalho, na cor branca.

Os espaços devem ser amplos e sem muitas divisórias, estas quando aparecem devem ser de ferro e vidro, ou somente vidro. Madeira e adesivos entram nestes ambiente para quebrar o frio destes materiais.

O mobiliário em ferro preto, cobre ou alumínio com tampos de madeira, cabos de aço suspensos , cimento e vidro. Sofás e cadeiras em couro. Para fechar estes ambientes, fotos em branco e preto em molduras pretas. Tapetes coloridos dão o toque final.

Se quiser trazer mais classe e aconchego, abuse de plantas naturais. Um móvel clássico ou um lustre de cristal também criam um contraste lindo e sofisticado, ideal para escritórios masculinos, restaurantes, lanchonetes, escritórios corporativos, comércio masculino ou alternativo.









2. Branco e Rústico


Esta outra tendência é mais leve, porém com aspecto bem rústico. O branco toma conta das paredes e até do piso, principalmente no estilo lavado, e as paredes apresentam certa rusticidade como tijolos de demolição pintados de branco, como se a pintura fosse direto sobre o tijolo ou sobre o concreto, sem o acabamento da massa corrida, assim como uma textura de rolo simples, acrescentando rusticidade ao ambiente.

Neste caso, a iluminação também é trabalhada com calhas ou embutidos em branco (na mesma cor do teto), criando somente um movimento de materiais da mesma cor. A regra aqui é a mesma: Iluminação focada para decoração e descanso, acendendo separadamente da iluminação de trabalho, na cor branca. Lustres de ferro com pintura rústica clara são os ideais.

Revestimentos como tijolinho de demolição e lonas de caminhão pintadas nas paredes são a combinação perfeita para este estilo. Os móveis de madeira recebem uma pintura rústica branca, como provençal ou lavada.

Poltronas em couro, tecidos como algodão cru para mobiliário e ferro em branco e cinza caem super bem neste ambiente. Como diferencial, um móvel clássico, um sofá mais colorido desbotado, sempre com design e/ou confecção artesanal.

Frases nas paredes, adesivos e corações também ficam super legais neste tipo de ambiente, ideal para lojas femininas, estéticas, cabeleireiros, confeitarias, docerias, panificadoras e escritórios femininos.













3. Clássico


Embora nunca saia de moda, este é um estilo que começou a assustar um pouco as pessoas, devido ao mau uso por parte de alguns "decoradores" (o plágio mal feito). No entanto, se for bem trabalhado, ele é puro requinte, remete a palácios, riqueza, puro glamour.

A iluminação traz focos para destacar móveis e peças de obras, e iluminação difusa dos lustres de cristais clássicos. Iluminação branca somente nos bastidores, nunca na frente dos clientes. Paredes com molduras - ou boiserie, como são chamadas - na cor da parede ou em branco e, para mais requinte, pintadas de dourado.

Piso em madeira clássica, ou mármores nobres como carrara, nero maquita e principalmente os de origem italiana (porcelanatos em grandes formatos imitando mármores nobres). Mosaicos como flor de liz e rosa dos ventos nos halls de entrada são os pisos mais tradicionais. As cores mais recomendadas são o branco sujo (creme de leite), tons variados de bege, branco, e, se quiser, pitadas de verde escuro (musgo, preto, e bordô). Tecidos nas paredes como adamascados são bem-vindos. Invista em acessórios como maçanetas e torneiras dobradiças em dourado.

É um estilo bem europeu, com móveis em madeira envernizada e marchetaria, móveis em dourado com Luiz XV e Luiz XVI, tecidos como veludo e sedas. Tapeçarias orientais, espelhos e obras de arte dão o resultado final.

Ideal para joalherias, marcas de grife, escritórios de grandes bancos, construtoras e mercado financeiro.


No próximo post, mais tendências!

Quer ter certeza de que não vai errar na sua decoração comercial?

Conheça a Consultoria em Decoração da Márcia


Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque