Bar este tema sempre da festa !!!!!

Tem muita gente que não costuma tomar bebida alcoólica, mas beber todos bebem, e ter a mão copos e taças dão sempre um ar de acolhimento à casa, pois parece preparada para servir a quem chegar, além de que são acessórios de peso em uma residência.




Houve uma época em que o bar em uma casa era tão significativo que as pessoas faziam um pequeno balcão como se fosse um local publico, inclusive com as taças penduradas, o anfitrião ficava do lado de dentro servindo as bebidas e os convidados nas banquetas do lado de fora e era o sonho de consumo do “homem” da casa. Depois vieram as adegas, um cômodo da residência , preferencialmente um porão, onde se fazia uma decoração do tipo rustica com pedras, e locais para colocar garrafa, em geral a ventilação era pouca e a umidade muita, o quê favorecia para manter os vinhos na temperatura “ideal”. Mas ir beber na adega não era muito bom por causa do cheiro , e fumar então um sufoco para quem não fumava literalmente !



Hoje não é mais assim, mas ainda é sonho de consumo da maioria dos homens um local para “beber” então dedica-se uma estante, um aparador, uma bancada para acolher as bebidas, taças, copos e acessórios de bar. E em geral deve ter poltronas confortáveis e uma mesinha de apoio para colocar os copos e petiscos.






Temos várias opções vamos começar com uma estante própria para ser o “bar “, neste caso temos locais para garrafas mais altas e abertas, local para as taças, gavetas para os acessórios, balde de gelo,, local para garrafas fechadas ( garrafeiro) e um local para a “adega” pois tiveram a brilhante ideia de fazer um refrigerador com a temperatura ideal para vinhos !!!!!, nada mais eficiente, e como tal temos de todos os tamanhos que embute-se no móvel no qual será o “ bar “ do ambiente . Em geral este móvel possui iluminação indireta e espelho, o que cria a ambientação para o bar.




Um espaço em uma estante comum para se colocar os objetos de bar , neste caso em geral faz-se um arranjo de bar, colocam-se as garrafas abertas de um lado ( as maiores atrás e as menores à frente ) uma bandeja com vários tipos de copos e taças, e para dar um toque final um arranjo de verde ou flores. Um espelho por perto e uma luminária complementam o espaço.




Um aparador é outro local muito adequado para se fazer o bar , inclusive porque abaixo dele cabe uma adega climatizada ou um pequeno frigobar ou cervejeira, ou os dois conforme o desejo do anfitrião do local . O mesmo arranjo que se faz na estante se faz no aparador, isso é , colocam-se as garrafas abertas de um lado ( as maiores atrás e as menores à frente ) uma bandeja com vários tipos de copos e taças, e para dar um toque final um arranjo verde, com uma luminária completando o espaço se couber, e um espelho que ode ter o estilo do aparador, clássico, moderno ou vintage.







Existem também os moveis para bar, que são moveis onde o bar fica "escondido, pois o móvel abre e se transforma em bar, e tem também os famosos carrinhos que viram bar .




Falando em vintage, um tambor de óleo pintado de preto com inscrições de bebidas famosas, tem “feito a cabeça” de muitas pessoas, fica muito interessante e com estilo, além de um custo pequeno.

Algo que recomendo é adesivar o frigo, ou a cervejeira, fica muito bonito e cria uma ambientação única, outro recurso interessante são nichos como prateleiras de bar, são peças curingas e colocadas verticalmente cabem garrafas e horizontalmente cabem taças e copos, então um aparador com nichos , já formam um “ bar “.





Colocar um arranjo de bar na churrasqueira ou no espaço gourmet é sempre uma boa pedida, pois a bebida acompanha a comida !

Em se tratando de “bar “ a criatividade toma contorno inusitados, principalmente no quesito fazer a diferença, hoje achamos um arsenal de coisas para bar , como luminárias escrito aberto ou fechado em neon, placas, , quadros, quadros para guardar rolhas ou tampinhas, amassador de latinhas, garrafinhas tortas, enfim uma enormidade de acessórios, alguns uma graça, cai super bem em vários estilos, outros nem tanto como porquinhos bebendo !








Como sempre digo , não há nada feio, há objetos mal colocados, depende do estilo, do local e principalmente da formação e cultura de cada um !








Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque