Tapetes

Amados, estamos quase lá , e você deve estar pensando e eu morando numa casa chatinha , neutrinha, cheia de regrinhas basiquinhas para não errar né ? Calma por enquanto, estamos quase chegando na ousadia, no humor, na transgressão, e na base da sua personalidade !

Mas ainda temos um item básico o tapete . Se você tem criança ou animais, o tapete tem que ter pêlo baixo, mas se você não tem ele pode ter pelo mais alto se você gostar . De novo para você não errar, ele deve procurar ser de uma única cor e contrastante com o piso, se o piso for claro o tapete deve ser escuro, se o piso for escuro o tapete pode ser de tom médio ou claro. Exemplo :piso em porcelanato marfim tapetes preto, caramelo, marrom , piso em granito verde Ubatuba tapete em bege claro, marfim, café com leite ou cru.

Tamanho: Depende do local do tapete : Na sala de estar o sofá demanda o tamanho, se o sofá tem 2, 40 mo tapete deve ter 2X3m, se o sofá tem 1,50m, o tapete tem 2X1,50m, em geral o tapete deve sair um pouco das laterais do sofá e entrar uns 10 cm abaixo dele.

edite1.jpg

Na sala de jantar não é recomendado pois dificulta a higiene.

Na sala de TV a regra é a mesma da sala de estar , o sofá dita o tamanho do tapete.

Se o tapete for fazer uma com posição para hall de entrada , à frente de um móvel ou aparador, ele deve ser do mesmo tamanho do móvel do qual está fazendo a composição ou um pouco maior e ficar abaixo do móvel, nunca pequeno à frente.

Estilos

Para um estilo mais moderno em linhas retas tapetes listrados em cores neutras caem bem , mas com muito cuidado, para não dar somente o tapete no ambiente !

Para o mesmo ambiente moderno ganhar requinte e sofisticação com classe, um tapete oriental em cores clássicas arrasa!

Um tapete neutro em bouclet cabe em quase todas as ocasiões.

Cuidado com : tapetes com muito brilho, tapetes com muitas estampas, tapetes com muitas cores e tapetes de IMITAM algum tapete!

De novo para não errar pêlo baixo , cor neutra , sem brilho, tamanho do sofá.


Márcia Rispoli entrou no ramo de decoração e design por acaso, ao sair vencedora de um concurso promovido pela Revista A&D, o que resultou em sua inscrição na Associação Brasileira de Designers de Interiores. Desde então, ela não parou mais! Neste espaço, ela compartilha de todo o conhecimento adquirido nestes mais de 20 anos de profissão.

Posts em destaque